Anuncios

Chico Buarque - Apesar de você


Este relato pertenece al libro
"Memoria del Fuego III"
de Eduardo Galeano.


Amanhã, vai ser
outro dia...
Hoje você é quem manda
falou, tá falado
não tem discussão.
A minha gente hoje anda
falando de lado
e olhando pro chão, viu:
Você que inventou esse estado,
e inventou de inventar
toda a escuridão,
você que inventou o pecado
esqueceu-se de inventar
o perdão.

Apesar de você:
Amanhã há de ser
outro dia...

Eu pergunto a você:
¿Onde vai se esconder
da enorme euforia?
¿Como vai proibir
quando o galo insistir
em cantar?
Água nova brotando
e a gente se amando
sem parar.

Quando chegar o momento
esse meu sofrimento
vou cobrar com juros, juro:
Todo esse amor reprimidoe
esse grito contido,
este samba no escuro.
Você que inventou a tristeza
ora, tenha a fineza
de desinventar:
Você vai pagar e é dobrado
cada lágrima rolada
nesse meu penar.

Apesar de você:
Amanhã há de ser
outro dia...
Inda pago pra ver
o jardim florescer
qual você não queria:
Você vai se amargar
vendo o dia raiar
sem lhe pedir licença.
E eu vou morrer de rir
que esse dia há de vir
antes do que você pensa.

Apesar de você:
Amanhã há de ser
outro dia...

Você vai ter que ver
a manhã renascer
e esbanjar poesia:
¿Como vai se explicar
vendo o céu clarear
de repente, impunemente?
¿Como vai abafar
nosso coro a cantar
na sua frente?

Apesar de você...
Apesar de você:
Amanhã há de ser
outro dia...

Você vai se dar mal,
etc., e tal:
Laraia, laraia...




Hoy compartió Silvio Rodríguez una nota acerca de las investigaciones sobre la muerte de Pablo Neruda y apuntan (se corrobora) a que fue asesinado por la CIA. Les dejo esta canción de Chico Buarque (en portugues y español), ya que leía la nota y me sonaba esta frase en la cabeza:
"Tendrá entonces que ver
al día renacer
derramando poesía..."








Radio Saudade en vivo

Escucha la mejor Radio online de trova y rock latinoamericano sin cortes comerciales, las 24 horas de los 365 días del año. ¡Disfruta ya!
Dale play.



Anuncios